Publicidade
Competidores
Como se deve ajustar de forma simples o ganho do seu amplificador, por Marco Aurélio

Colocação: Amplificadores lugar

Postado dia: 01/07/2016

Detalhes

Bom neste breve material iremos explicar como se deve ajustar de forma simples o ganho do seu amplificador; isso independente de marca ou classe de operação.

Vemos que é comum a grande maioria dos instaladores ter a FALSA ilusão que para se extrair a potencia especificada como Máxima do seu equipamento, tem esta visão que só será alcançada com o ajuste da sensibilidade de entrada ( GANHO ) ao máximo, muitos ou a grande maioria confundem potencia do Amplificador e aliam ela a sensibilidade de entrada este mito iremos quebrar nesta matéria.

O que é a sigla GANHO:
A nomenclatura ganho nada mais é que a variação do nível de entrada que o AMPLIFICADOR vai receber.
Isso não irá interferir na potencia oferecida pelo mesmo, apenas existe para poder proporcionar equilíbrio entre a fonte geradora do áudio e a entrada do amplificador que receberá o sinal.
Veja na figura 01 note amplificador apenas menos sensível e na figura 02 um pouco mais sensível e conforme a figura 3 ele se torna muito sensível ao sinal de entrada.
Qual a principal vantagem de não se deixar o Ganho do seu amplificador ao Máximo; Menor nível de interferência indesejado menos ou até mesmo a não amplificação de sinais que possam já estarem vindo com distorções.
Então como devemos ajustar o Ganho do nosso amplificador?

O melhor seria com auxiliode um Osciloscópio para verificarmos a onda onde estaria se gerando distorção e extraindo o máximo de potencia, mais como este equipamento é caro, e hoje no mercado temos bons amplificadores que já são testados e com recursos da função CLIP que irão nos auxiliar muito, vamos lá.

Note se seu amplificador possui um led indicativo por CLIP, caso ele tenha este ficará mais fácil o ajuste do amplificador, uma boa opção é chegue próximo a 70% do volume do seu CD, MP3 etc, após feito isso vá levemente elevando o ganho do seu amplificador até este led indicativo CLIP começar a levemente piscar, pronto chegamos a nosso ponto máximo que não irá comprometer seus alto falantes e estamos extraindo o máximo de potencia, desta forma faça com todos amplificadores do sistema.

Uma boa dica quando se tratar de vários amplificadores e um ajuste mais profissional e quer aplicar exatamente a mesma potencia em todos,devemos se atentar também não só ao que estamos vendo, mais sim extrair exatamente a corrente elétrica gerada pelo amplificador ex 01 de saída; ajuste ele e tome-o por base, meça com um bom multímetro a corrente que esta sendo gerada na sua saída, uma boa dica é utilizar um CD ou pen-drive com uma faixa fixa de frequência para facilitar a leitura, feito isso um exemplo: lemos que o amplificador 01 obtivemos uma corrente de 30 Volts rms de saída, dirija-se aos outros amplificadores alinhe da mesma forma para se obter os mesmos 30 Volts rms lidos na saída e pronto assim sucessivamente em todos teremos a certeza que os sinais de entrada e saída estão alinhados, pronto problema resolvido, vemos que é comum nos eventos que realizamos vermos e ter a impressão que um alto-falante esta excursionando mais que o outro isso se deve ao mau alinhamento dos ganhos do amplificador ocasionando cancelamento e desgaste maior da parte que está sendo mais exposta ( recebendo maior potencia ) e não sendo somada e aproveitada.

E pronto poderá notar que não teremos na maioria dos casos o GANHO do amplificador em mais de 70% também, assim só amplificaremos sinal limpo “musica” não teremos distorções e nem interferências indesejadas e um alinhamento muito eficaz do sistema, poupando-o de desgastes excessivos prolongando seu tempo de vida útil.
Próxima matéria abordará mais sobre amplificadores, suas principais funções.

*Marco Aurélio Pires - Diretor e Juíz de Competições de Som da HTJ Eventos.
Voltar